Mandato da Vereadora Soninha Francine

Comissão de Direitos Humanos da Câmara vistoria Centro Temporário de Acolhimento (CTA) Mooca

4 de dezembro de 2017

No final de outubro, a comissão de Direitos Humanos da Câmara Municipal vistoriou o Centro Temporário de Acolhimento (CTA) da região na Mooca. Estiveram no equipamento socioassistencial o vereador Eduardo Suplicy e dois assessores do gabinete da vereadora Soninha Francine.

Alguns problemas estruturais no imóvel foram constatados na visita, o que dificulta o convívio das 150 pessoas acolhidas. Os quartos têm capacidade para comportar até 46 conviventes e cada um deles conta com apenas um banheiro, com um chuveiro e dois vasos sanitários.

Há alguns serviços do CTA que ainda não funcionam, como os elevadores. Os bagageiros são provisórios, da mesma forma que o refeitório não está em funcionamento pleno – a ideia é transferi-lo para o primeiro andar. Também de modo provisório está funcionando a lavanderia do complexo, já que as máquinas de lavar ainda não estão devidamente instaladas.

Outro problema constatado foi que 30 conviventes do Centro Temporário de Acolhimento (CTA) estão sem trabalhar e aguardam inserção no Programa Trabalho Novo, ação municipal que emprega pessoas em situação de rua – dois exemplos são os acolhidos Helder e Rodrigo da Costa, que questionaram várias vezes quando vão começar a trabalhar.

Outro ponto que merece atenção é que os quinto e sexto andares ainda estão em obras: os tacos serão trocados por um revestimento adequado. O prazo estipulado pela Prefeitura e pela SPObras é até o mês de dezembro. Na vistoria ficou evidente a falta de adequação do prédio para comportar tantas pessoas.

Uma das qualidades do CTA é o empenho da gerência em proporcionar convivência pacífica entre os moradores, fazendo com que a vizinhança não tenha grandes problemas com o centro de acolhida.

A convivência com os vizinhos é tão positiva que a Escola Estadual Firmino de Proença comporta alguns voluntários do CTA e até mesmo já emprestou seu teatro para a confraternização de final de ano dos conviventes.

Uma solicitação da gerência é que mais ações culturais envolvendo teatro e música sejam realizadas para as pessoas acolhidas.

 

Last modified: 4 de dezembro de 2017

Comments are closed.

X