Mandato da Vereadora Soninha Francine

BlogHome

Fogos de artifício – Por Soninha Francine

14 de maio de 2018

Texto integral que recebemos (mais de 500 mensagens)

Exmo. Sr(a). Vereador(a),

Conto com seu apoio para a aprovação do PL 97/2017 que proíbe fogos de artifício com ruído, como rojões, morteiros e outras bombas que prejudicam crianças autistas, idosos, animais domésticos e silvestres, entre outros.

Essa proibição é uma tendência internacional e cabe ao Município da Cidade de São Paulo ser também um exemplo para todo o Brasil, cuidando do bem estar da população. Um primeiro passo já foi dado na primeira votação do dia 17/04/2018.

Seu voto a favor dessa proibição será uma demonstração de bom senso para as mais de 100.000 mil pessoas que apoiaram vários abaixo assinados no País todo. Não se trata só de uma questão de barulho, mas também de economia para a Saúde Pública e Segurança Pública do Município de São Paulo. Segundo dados da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia em meses de comemorações, como exemplo as festas juninas, os acidentes envolvendo fogos de artifício triplicam.

Tenho certeza que apoiará essa nossa causa, em benefício da nossa Cidade.

Atenciosamente,

 

Diante da inúmeras mensagens pedindo para que a vereadora Soninha votasse a favor da proibição do uso de fogos de artifício com som na cidade de São Paulo, o PL 97/2017 e da impossibilidade em responder a todos, a Soninha preparou o seguinte texto com seu posicionamento:

 

Eu nunca tinha pensado em proibir “fogos de estampido” – vulgo rojões. Até que minha irmã contou que, quando a prefeitura inaugurava a árvore de Natal com fogos, funcionários do Ibirapuera recolhiam vários bichos mortos do coração – passarinhos, esquilos. Passei a ter horror de fogos, mesmo achando muito legais… Gol do meu time, reveillon, final da Copa… Nada disso é mais importante do que preservar a vida dos bichinhos.

Sem falar em milhares de cães e gatos! Alguns morrem enforcados pela coleira na tentativa desesperada de fugir, ou entalados em algum lugar. Saem correndo completamente desorientados e morrem atropelados ou afogados. Atacam outros animais ou pessoas. Têm convulsões. Não é um caso ou outro, são muitos!

E sem falar em idosos e crianças!!!

No zap da família alguém comentou que já proibiram fogos em outros países, pesquisei e vi que essa “moda” começou a se espalhar. Na Alemanha, só se pode soltar fogos no réveillon. No Brasil, Santos, Sorocaba e Águas de Lindoia já os proibiram (certamente outras cidades também) e há projetos de Leis Estaduais e Federais. Sou a favor da proibição em São Paulo também.

Alguns vereadores brincaram (“Em ano de Copa??! Vocês querem mesmo que a Câmara fique mais popular, hein”). Outros têm certeza que a lei não será sancionada, ou será derrubada na Justiça. Xexeu (Vereador Reginaldo Trípoli) alertou: “Vou falar pro cachorro de vocês que vocês votaram contra a lei”!

A gente brinca, mas eu, o Xexeu e muitos outros levamos isso muito a sério: passou a época de se divertir e “danem-se os seres mais frágeis ou indefesos”. Brincamos bastante tempo com fogos sem pensar neles, podemos parar agora.

 

Agora que foi aprovado na Câmara pelos vereadores, o projeto aguarda apenas sanção do prefeito Bruno Covas para virar lei. Assim que isso acontecer vamos avisar por aqui!

CompartilharShare on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Last modified: 16 de maio de 2018

Comments are closed.

X