Mandato da Vereadora Soninha Francine

Primeira mulher eleita para direção do Sindicato dos Têxteis de SP, Eunice Longo completa 90 anos

21 de maio de 2018

“90 anos de uma exemplar batalhadora

Com uma fraternal festa na residência do seu filho Luiz Ricardo, no Alto de Pinheiros, na cidade de São Paulo, com a presença de quase 100 pessoas, a companheira Eunice Longo, irmã de Moacir Longo, festejou, neste domingo (20), seus 90 anos. Militante partidária desde muito jovem, ela trabalhou na fábrica de fiação e tecelagem Jaffet, uma das maiores industrias têxteis existentes no Brasil.

No fim da década de 1940, incentivados pelo jornal Momento Feminino, da militante comunista Arcelina Mochel, começaram a surgir comitês femininos em bairros e sindicatos de diversas cidades do Brasil. Um artigo do jornal chegou a relatar a existência de 43 desses grupos.

Militantes desses comitês promoveram, em maio de 1949, um encontro de três dias no Rio de Janeiro. Ao fim do encontro, fundaram a Federação de Mulheres do Brasil, tendo como primeira presidenta Alice Tibiriçá e Eunice Longo como uma de suas mais atuantes dirigentes. Naquele mesmo ano, a FMB participou da reunião da Federação Democrática Internacional de Mulheres, realizada em Moscou. Como a ditadura do Estado Novo impediu que Alice Tibiriçá deixasse o país, a entidade foi representada por Fanny Tabak. Alice morreu em 1950 e foi substituída pela educadora Branca Fialho. Sob seu comando, a FMB organizou a Campanha contra a Carestia, que levou o governo Vargas a criar a Superintendência Nacional do Abastecimento (Sunab), e lutou pela libertação de presos políticos, entre eles Elisa Branco, solta em 1951.

Também em 1951, a Federação organizou o seu I Congresso Nacional, em São Paulo. Em 1952, a I Assembleia Nacional de Mulheres decidiu como bandeiras do movimento a igualdade de salários entre homens e mulheres, a aposentadoria aos 25 anos de serviço e a instalação de creches nos locais de trabalho.

Integrante de uma família constituída praticamente de operários, Eunice foi a primeira mulher a ser eleita para a direção do Sindicato dos Têxteis do Estado de São Paulo, do qual foi seu vice-presidente. Ela participou de grandes movimentos nacionais, nos anos 1950, entre eles a coleta de assinaturas na campanha O petróleo é nosso.

Em nome do Diretório Nacional, o presidente nacional do PPS, Roberto Freire, transmitiu à aniversariante e a seus familiares votos de saúde, alegrias e novas emoções.”

CompartilharShare on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Last modified: 21 de maio de 2018

Comments are closed.

X