Mandato da Vereadora Soninha Francine

Prefeito visita obras de retrofit em edifício no centro da cidade

4 de dezembro de 2018

No início de novembro o prefeito de São Paulo, Bruno Covas, vistoriou as obras de retrofit no Edifício Mário de Andrade/Asdrúbal do Nascimento, localizado na rua Asdrúbal do Nascimento, 268, no centro da cidade. O local vai abrigar 34 famílias em situação de rua e que se encontram em estágio mais avançado de autonomia.

O prédio, com 34 apartamentos, foi adquirido pela Prefeitura em 2011, por meio da Companhia Metropolitana de Habitação de São Paulo (Cohab-SP), que desapropriou um custo de R$ 1,8 mi, com recursos do Fundo Municipal de Habitação (FMH). O edifício foi totalmente reformado pela Cohab-SP e agora passa a integrar o programa de Locação Social da Prefeitura de São Paulo. As obras tiveram início em julho de 2012 e foram concluídas em outubro de 2018. Hoje, são seis edifícios com 903 unidades que compõem o programa de Locação Social.

Dos 34 apartamentos, 17 são conjugados, variando de 30,80 m² a 36,90 m². As outras 17 unidades são de um dormitório, medindo de 34 m² a 44 m². O edifício de 11 andares, incluindo o subsolo e o térreo, tem dois elevadores, quatro apartamentos por andar e dois apartamentos na cobertura. Há quatro vagas de garagem, um bicicletário e um salão de festas.

“Este é o primeiro conjunto habitacional para moradores de rua do país. As pessoas que aqui residirão foram acolhidas, estão trabalhando e, a partir de agora, terão onde morar pagando aluguel social, 10% de seu salário. Assim, aos poucos, vão ganhando mais autonomia”, afirmou o prefeito Bruno Covas.

O investimento na obra é de R$ 4,1 mi, sendo R$ 2,5 mi da Prefeitura de São Paulo, do Fundo Municipal de Habitação (FMH) e R$ 3,4 do Governo Federal.

A definição da demanda está em fase de seleção por meio de um grupo de trabalho que inclui as Secretarias de Direitos Humanos – SMDHC, Assistência e Desenvolvimento Social – SMADS, Habitação – SEHAB e a Cohab-SP.

Trata-se de esforço de integração das três políticas – Direitos Humanos, Assistência Social e Habitação, no processo de atendimento e construção da autonomia dessa população. Um dos principais critérios para definição dos moradores é que a família tenha autonomia e consiga gerir a moradia.

CompartilharShare on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Last modified: 4 de dezembro de 2018

Comments are closed.

X