Mandato da Vereadora Soninha Francine

Congresso Extraordinário delibera o novo programa partidário do Cidadania e aprova moções

29 de outubro de 2019

O Congresso Extraordinário do Cidadania deliberou neste sábado (26), em Brasília, o novo programa político da legenda e o estatuto (veja aqui). O programa ainda será analisado por uma comissão que irá aprofundar os temas tratados e apresentado na próxima reunião do Diretório Nacional, ainda sem data definida, para aprovação final.

O secretário-geral do Cidadania, Davi Zaia (SP), destacou a importância da discussão do programa pelos delegados do encontro.

“Aprovamos um instrumento partidário muito importante que é a consolidação do estatuto do Cidadania. Foi bastante discutido desde março pelo conjunto de filiados e dirigentes. Primeiro ele foi debatido por uma comissão especial e depois pela Executiva [do partido]. Agora temos um novo estatuto que será encaminhado para registro na Justiça Eleitoral. Deliberamos também a declaração política com os princípios gerais que norteiam o Cidadania e agora uma comissão vai aprofundar [o documento] no sentido de criar um programa político que será aprovado em breve na reunião do Diretório [Nacional].”

Programa

O programa partidário foi desenvolvido por políticos liberais que ingressaram na legenda com os movimentos cívicos e também adeptos à social-democracia e ao socialismo, que inseriram no documento a defesa da democracia, a questão dos direitos humanos e LGBT, sustentabilidade, dentre outros temas. O documento é a uma junção de políticas contra extremos na política.

Liberdade religiosa e 2ª instância

Além dos dois documentos, o Congresso aprovou ainda moção de criação do núcleo de liberdade religiosa e outra de apoio à PEC (Proposta de Emenda à Constituição) do deputado federal Alex Manente (SP) que estabelece a prisão após julgamento em segunda instância.

Composição do Diretório

O encontro aprovou também os nomes dos novos integrantes do Diretório Nacional: João Vitor Xavier, Antônio Furlan, Helivelton de Oliveira, Fernando Carvalho Junior, José Frederico Lyra Neto, Alexandre César Lucas, Jorge Kajuru, Júlio Cesar Costa Lima, Ronaldo Guerra Dominoni, Rihad Hassan de Dehaini, Augusto rodrigues Cabral e Pedro Carlos da Fonseca.

Foto: Robson Gonçalves.

Com informações do site do Cidadania.

CompartilharShare on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Last modified: 29 de outubro de 2019

Comments are closed.

X