Mandato da Vereadora Soninha Francine

Parque da Fonte: vereadora Soninha articula processo de desapropriação

12 de fevereiro de 2020

Localizada no bairro do Butantã, na Zona Oeste, a região conhecida como “Morro do Querosene” abriga o (futuro) Parque da Fonte, um espaço com inestimável valor histórico, cultural e ambiental.

O terreno fica entre a avenida Corifeu de Azevedo Marques e ruas Santanésia e da Fonte. A “Chácara da Fonte” tem cerca de 40 mil metros quadrados, três nascentes, já foi declarada de utilidade pública, incluída no Plano Diretor como ZEPEC – Zona Especial de Preservação Cultural e tombada pelo patrimônio histórico (CONPRESP).

A situação atual

O local onde se pretende criar o parque hoje é um terreno particular e o processo de desapropriação, iniciado em 2016, ainda não foi finalizado. O valor correspondente à indenização já foi definido pela Justiça, mas está travado junto à Secretaria Municipal do Verde e do Meio Ambiente. A vereadora Soninha se reuniu com a comunidade e o poder público para entender os problemas e articular as soluções.

Um dos atores importantes nessa luta é a Associação Cultural da Comunidade do Morro do Querosene, que reivindicou o tombamento do espaço pelo CONPRESP (Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental da Cidade de São Paulo) e hoje articula-se em prol da efetivação da construção do parque.

A organização se preocupa com a preservação da mata original (Atlântica) e da relevância histórica e cultural.

Relevância histórica e cultural

A Comunidade afirma que ali era ponto de parada para abastecimento de água aos viajantes do Caminho do Peabiru, uma via que ligava os Andes (Cusco, Peru) ao Oceano Atlântico (São Vicente/SP). Após a vinda dos portugueses ao Brasil, tornou-se caminho para os Bandeirantes desbravarem o interior do país.

O local é famoso reduto de diversos artistas do Butantã.

E se pesquisarmos tem muito mais curiosidades!

Leia Mais:

O que não sabemos sobre o Morro do Querosene?
Peabiru, o caminho suave

Chácara da Fonte – Crédito: Prefeitura de SP/2016

CompartilharShare on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Last modified: 13 de fevereiro de 2020

Comments are closed.

X