Deprecated: Function split() is deprecated in /home/storage/c/b0/7e/soninha/public_html/pivot/pvlib.php on line 4673

Deprecated: Function split() is deprecated in /home/storage/c/b0/7e/soninha/public_html/pivot/pvlib.php on line 4674

Deprecated: Function split() is deprecated in /home/storage/c/b0/7e/soninha/public_html/pivot/pvlib.php on line 178

Deprecated: Function split() is deprecated in /home/storage/c/b0/7e/soninha/public_html/pivot/pvlib.php on line 179

Deprecated: Function split() is deprecated in /home/storage/c/b0/7e/soninha/public_html/pivot/pvlib.php on line 180

Deprecated: Function split() is deprecated in /home/storage/c/b0/7e/soninha/public_html/pivot/pvlib.php on line 180

Deprecated: Function split() is deprecated in /home/storage/c/b0/7e/soninha/public_html/pivot/pvlib.php on line 180

Deprecated: Function split() is deprecated in /home/storage/c/b0/7e/soninha/public_html/pivot/pvlib.php on line 180

Deprecated: Function split() is deprecated in /home/storage/c/b0/7e/soninha/public_html/pivot/pvlib.php on line 180

Deprecated: Function split() is deprecated in /home/storage/c/b0/7e/soninha/public_html/pivot/pvlib.php on line 180

Deprecated: Function split() is deprecated in /home/storage/c/b0/7e/soninha/public_html/pivot/pvlib.php on line 180

Deprecated: Function split() is deprecated in /home/storage/c/b0/7e/soninha/public_html/pivot/pvlib.php on line 141

Deprecated: Function split() is deprecated in /home/storage/c/b0/7e/soninha/public_html/pivot/pvlib.php on line 142

Deprecated: Function ereg_replace() is deprecated in /home/storage/c/b0/7e/soninha/public_html/pivot/pvlib.php on line 2088
Soninha - Mandato Eletrônico - Tribuna
Procurar:
arquivo

21/09/2005 - Dia Sem Automóvel

SONINHA - Como já conversamos um pouco aqui na Casa - no Gabinete da Presidência, pelos corredores -, ou pela Internet, principalmente, o próximo dia 22 é o Dia Sem Automóvel, um movimento que começou na França, há alguns anos, ao qual a Europa aderiu de maneira geral. É um dia especialmente reservado no calendário em que se pede às pessoas para que, voluntariamente, deixem seus automóveis em casa, ou pelo menos, o carro particular.

Tenho em mãos um texto extraído de um site europeu, falando sobre a criação dessa data, que surgiu na França em 1998, mas somente em 2000 é que passou a ser adotada na Europa toda com o objetivo de apoiar o desenvolvimento de cidades limpas, onde os transportes públicos satisfaçam as necessidades individuais dos cidadãos. Esse movimento visa a sensibilizar as pessoas para que optem pelo transporte público ou por outro modo de transporte, alternativo ao automóvel particular, criando assim uma oportunidade para experimentar essa mudança, para que a Cidade viva de uma forma diferente. Esse movimento quer demonstrar que menos carros nas zonas urbanas é sinônimo de maior qualidade de vida para os seus cidadãos.
 
É claro que usar o seu automóvel particular proporciona um conforto incomparável. Nele, você tem o direito de escolher a temperatura ambiente, se abre ou fecha as janelas, se liga ou não o ar-condicionado, ouve o que quer no rádio, tem privacidade, além da facilidade de, muitas vezes, já sair de dentro de casa com o automóvel. Portanto, é lógico que deixar de usar o automóvel implica um certo sacrifício. Por melhor que seja o sistema de transporte coletivo, você tem de se deslocar até um ponto de ônibus, esperá-lo chegar, compartilhar esse espaço com outras pessoas. Mas é um sacrifício mais do que justificado, porque é lógico que o efeito que o automóvel produz no ambiente também não pode ser desprezado, da poluição sonora, da poluição do ar, por mais avançados que sejam os mecanismos de diminuição da emissão de gases poluentes.
Então, esse é o dia em que se tenta sensibilizar as pessoas para o efeito muito positivo, muito agradável de termos menos carros nas ruas (é evidente que existe um limite físico para a quantidade de carros que conseguem circular na malha viária urbana).

Agora a cidade de São Paulo está aderindo a essa idéia. E é importante deixar bem claro que não é um dia que a Prefeitura estabeleceu, ou a Secretaria do Verde e do Meio Ambiente, que é quem está à frente dessa campanha na Administração Municipal, mas é um movimento da sociedade. Então, não é uma ordem do Governo, não é uma imposição; é, no máximo, um pedido e não do Governo, mas daqueles que querem ter essa experiência e demonstrar como funciona uma cidade com menos automóveis.

A sugestão é para que as pessoas usem o transporte coletivo naturalmente. E - sugestão pessoal - a combinação de diferentes meios de transporte público costuma ser a melhor, como usar o táxi para ir até a estação do metrô e depois andar do metrô até aqui, por exemplo, ou combinando ônibus, metrô e táxi, ou mesmo abrindo mão do próprio carro e combinando um sistema de carona com os colegas, coisa que dificilmente nos damos o trabalho de fazer e que, pelo menos uma vez por ano, poderíamos tentar. Obviamente, você estará utilizando o automóvel particular, mas de forma coletiva, o que já implica um impacto bem menor na Cidade.

E eu gostaria de fazer uma sugestão especialmente aos colegas Vereadores. Alguns evidentemente têm um interesse especial por esse tema da mobilidade urbana, do sistema de transporte, do transporte coletivo; outros, com a questão do meio ambiente, do tema das ciclovias, de pedestres e calçadas. Acho que poderíamos protocolar, simbolicamente, no dia 22, a proposta de criação do Dia Sem Automóvel na cidade de São Paulo. Sugiro que seja um projeto com assinatura coletiva, de todos aqueles que concordarem com essa idéia de se criar esse dia sem automóvel. Podemos assinar juntos a proposta de criação desse dia para que passe a fazer parte do calendário oficial da Cidade.
 
Lembro que não é uma iniciativa oficial, não é a Administração pedindo que as pessoas deixem o carro em casa, muito menos obrigando. Mas é uma campanha mesmo, de sensibilização, para experimentar novas formas de deslocamento pela Cidade - a pé, de bicicleta, de carona, de táxi que seja, nesse dia especialmente.

Muito obrigado, Sr. Presidente.