Warning: include_once(/home/restricted/home2/soninha/public_html/pivot/pv_core.php): failed to open stream: No such file or directory in /home/storage/c/b0/7e/soninha/public_html/v2/cultura.php on line 10

Warning: include_once(): Failed opening '/home/restricted/home2/soninha/public_html/pivot/pv_core.php' for inclusion (include_path='.:/usr/share/pear') in /home/storage/c/b0/7e/soninha/public_html/v2/cultura.php on line 10
Soninha - Conselhos Consultivos - Cultura
Procurar:
arquivo

Proposta Orçamentária para 2007 da Secretaria Municipal de Cultura é debatida em audiência pública.

por Maurício García

21/11/2006 - Presente a audiência pública na Câmara Municipal  para debater o orçamento da cultura no município, o Secretário Carlos Augusto Calil enfatizou que dará prioridade para a recuperação dos equipamentos públicos (bibliotecas, teatros, centros culturais...) em estado de deterioração. E informou que existe uma verba de 2 milhões de reais prevista no orçamento da Secretaria de Relações  Internacionais que deverá ser utilizada na construção de um Centro Cultural na Cidade Tiradentes.
Afirmou ainda que o programa Virada Cultural  tem agora uma versão para áreas afastadas do centro, chamada Quebrada Cultural, que deve receber metade da verba destinada ao programa, que é de 6 milhões de reais.
O Secretário também se comprometeu, tal como no ano passado, a retomar o Conselho Municipal de Cultura, assim como elaborar um projeto de reformulação da Lei Mendonça de Incentivo á Cultura.
Perguntado se o prédio do Tendal da Lapa, atualmente sob administração estadual, seria devolvido à Prefeitura, disse que a questão ainda não foi discutida. Mas deixou claro que é totalmente a favor da permanência do Tendal no espaço histórico que ele ocupa.
Calil ainda lembrou dos 100 anos do Arquivo Municipal e propôs aos vereadores presentes que fosse feito um seminário a respeito. E adiantou que a Prefeitura estará adquirindo o prédio ao lado (Casa Politécnica), para expandir e melhor armazenar o Arquivo Municipal.
Quanto ao VAI (programa de valorização da iniciativa cultural) o Secretário declarou que teve um aumento em seu orçamento de 1 milhão para 1,4 milhão de 2006 para 2007. Alessandro Azevedo, da Frente Parlamentar de Cultura, questionou o valor (alegando que deveria ser de 2 milhões) e a falta de um rubrica própria para a dança. Calil respondeu que o VAI não recebe 2 milhões por falta de estrutura da Secretaria para avaliar, aprovar e acompanhar todos os projetos e que o Fomento a Dança não possui uma rubrica própria porque esta não é prevista pela lei (o projeto de lei aprovado na Câmara previa uma dotação orçamentária própria, mas esta foi vetada pelo então prefeito José Serra).