Warning: include_once(/home/restricted/home2/soninha/public_html/pivot/pv_core.php) [function.include-once]: failed to open stream: No such file or directory in /home/storage/c/b0/7e/soninha/public_html/v2/dicas.php on line 10

Warning: include_once() [function.include]: Failed opening '/home/restricted/home2/soninha/public_html/pivot/pv_core.php' for inclusion (include_path='.:/usr/share/pear') in /home/storage/c/b0/7e/soninha/public_html/v2/dicas.php on line 10
Soninha - Tudo a Ver - Dicas Culturais
Procurar:
arquivo

Oficinas de elaboração de projetos para o Vai

A Secretaria Municipal de Cultura e a Ação Educativa oferecem durante novembro de 2008 e janeiro de 2009 oficinas para a elaboração de projetos para o VAI - Programa para a Valorização de Iniciativas Culturais.

Adote essa idéia!

Veja a trajetória do saco plástico e saiba o porquê devemos adotar o uso de sacolas de pano!


O Projeto Ecoare tem o prazer de apresentar: Natal Natural

O Projeto Ecoare engloba a OSCIP Instituto Cosmos, o Projeto Natureza em Forma e o Casarão da Paulista num evento voltado para o consumo consciente.
Em meio ao nosso cotidiano agitado sem  tempo para coisas como compras, lazer, entretenimento, cultura, saúde, enfim, só temos tempo pra trabalhar, mas neste fim de ano, muitos paulistanos e turistas terão a oportunidade de fazer tudo isso num único lugar.
Imagine um evento no quintal do Casarão da Paulista onde, no meio da terceira megalópole do mundo, poderá desfrutar da natureza de um dos poucos focos restantes  de mata atlântica preservada em São Paulo, com um casarão construído em 1905 e tombado pelo patrimônio histórico de fundo compondo a paisagem.
Faça sua parte, tenha responsabilidade social e junte-se a nós neste evento de fim de ano que finalmente dá oportunidade às pessoas de fazer suas compras com bom gosto e consciência ambiental, seja um parceiro, tenha uma vida saudável,  venha curtir o Natal Natural.
Dias 06 e 07, 13 e 14, 20 e 21 de dezembro de 2008, no Casarão da Paulista (Av. Paulista 1919), das 10h às 20h.
Contatos: Lito > projetoecoare@hotmail.com

Fragmentum - Eco design www.framentum.com.br
Ateliê Metamorfose Lobo - Arte reciclada
Rose Sabonetes - Sabonetes artesanais
Adélia Pereira - Acessórios contemporâneos
Arte em Meia de Seda
Triskle - moda
Atelie gastonomico - bistro
Trio Saúde-fast-food Natural
Fibra Verde - artesanato sustentavel
Mercado de Pulgas Fashion Dog - desfile moda p/ cães reciclada, brechó, etc.

Palestras: Dra Charllote sobre homeopatia animal, Instituto Cosmos OSCIP - Aquecimento global e seus efeitos
Workshop: Super Nanny Dog wwww.supernannydogs.com.br
Institucional-Ongs: Quintal de São Francisco, Projeto Natureza em Forma, Centro de Adocao de Cães e Gatos

Gente Muda - Sentidos

O coletivo de grafiteiros Gente Muda faz um paralelo entre os sentidos humanos (audição, visão, olfato, tato e paladar) e o sentido-razão, sentido das coisas, da vida misturando técnicas de adesivação, estêncil, graffiti e lambes.


Primavera na Periferia

Por Sérgio Vaz

Ontem enquanto milhões de pessoas no Brasil estavam ligadas em frente à televisão assistindo novelas, a um joguinho mixuruca de futebol entre Brasil e Colômbia, umas quinhentas pessoas, mais ou menos, foram sequestradas pela poesia, na periferia da Zona Sul de São Paulo. Quem anda cometendo esses crimes? O Sarau da Cooperifa.
Há sete anos, exatamente no mês de outubro, aproveitando-se da desatenção do estado e da falta de cinemas, bibliotecas, museus, teatros, livrarias, e qualquer espaço para a produção cultural, um bando de malfeitores trajados de roupas simples e empunhando poesias nas mãos, invadiram uma fábrica abandonada em Taboão da Serra, e começaram a produzir um tipo de entorpecente que iria afetar o cérebro e a alma das crianças, jovens e adultos: a literatura.
No começo as autoridades acadêmicas não deram muita bola para o assunto, acharam que seria apenas mais uma dessas primaveras, em que as flores abrem caminhos para o verão. Mas que nada! As flores não pararam de desabrochar, e a estação das flores e dos espinhos, não tem hora para acabar.
E quando o apito da fábrica apitou o final do expediente, nós que éramos operários da palavra com medo do desemprego gramatical, erramos o caminho para Passárgada, e caímos direto no único espaço público ao qual as pessoas da ponte pra cá têm direito: o bar.
E antes que a gente se embriagasse de tédio, começamos a recitar poesia, e o poema, que transitava de boca em boca, chegou aos ouvidos de outros poetas mudos abandonados nos becos e vielas da fidalguia do vernáculo.
E como se fosse um chamado do rei Zumbi, um enxame insolente de guerreiros e guerreiras vinha de todos os lugares para se juntarem ao quilombo da palavra falada, que acabava de se formar.
E vinham de outras tribos, pintados para guerra ou não, e trazia em seus cantos a canção que celebra a luta, que respeita os ancestrais e honra a vida. Um canto de louvor à liberdade, e de um povo que já não respeita mais os seus carrascos.
E quando o bar já se tornara o quartel general da evolução, guardados por poetas, donas-de-casa, torneiros mecânicos, professores, desempregados, taxistas, auxiliares de escritórios, advogados, rappers, advogados, motoristas, aposentados, estudantes, estudados e iletrados, os livros, armamento pesado, foram distribuídos de mão em mão, a qualquer um que quisesse manuseá-los. Independentes se tinham porte para portá-los, ou não. A única recomendação era que todos apontassem para a mesma direção: o futuro.
E ontem de posse do nosso futuro, aconteceu mais um disparo no sarau, o livro "Meninos do Brasil" de Márcio Batista, professor e poeta da Cooperifa.
Acho que foi o quadragésimo livro lançado ali, no Bar do Zé Bateado, no extremo sul de São Paulo, perto do Jardim Ângela, perto do cemitério do Jardim São Luiz, onde estão enterrados a maioria dos jovens que foram assassinados nesta metrópole da riqueza e da dor.
Mas a primavera não pára por aí, ontem também, neste mesmo horário, no jardim Monte Azul, estava acontecendo uma exposição de artes "Natural da periferia" de Jair Guilherme, outro artista resistente da quebrada.
Pois é, numa mesma noite, longe dos grandes centros e longe das grandes e pequenas verbas da prefeitura, do estado ou da federação, quase quinhentas pessoas se reuniram - como se reunem-se há sete anos, toda quarta-feira, ininterruptamente -, para ouvir e falar poesia, e de quebra, comprar um livro de um autor nascido e criado na Cooperifa.
E para provar que a gente não odeia ler, Márcio Batista vendeu 120 livros, ali, no chão duro do bar, no templo da poesia, um lugar onde boa parte das pessoas morria de cirrose, sem o tira-gosto da poesia.
Se por acaso você não foi, pergunte para quem esteve lá, a única lágrima que escorreu de alguém, foi do rosto do poeta, e não foi de tristeza, foi de emoção pelo nascimento de mais um livro na nossa maternidade.
Nem tudo são flores em nossa primavera, mas para nós, que sempre fomos espinhos no verão alheio, um pouco de poesia no outono, faz com que a gente suporte a vida dura no inverno.

*se não estiver acreditando veja as fotos no blog: www.colecionadordepedras.blogspot.com


Exposição "Lei da Cidade que Pinta" do artista plástico e muralista Eduardo Kobra

Placas, outdoors, luminosos e outros materiais de comunicação visual retirados pelos fiscais e funcionários da Prefeitura ressurgem como suporte que o muralista Eduardo Kobra apresenta em sua nova exposição. Ele recicla e reutiliza os painéis para pintar obras dentro do tema "Muros da Memória", em que resgata cenas e lugares da cidade de São Paulo.

A exposição "Lei da Cidade que Pinta" inaugura a galeria Michelangelo, no Empório Artístico, da Vila Madalena, e fica no local até o dia 10 de novembro. Kobra exibe cerca de 15 trabalhos, em tamanhos e formas diversas. O nome da exposição é, naturalmente, uma referência à Lei da Cidade Limpa. "Agora é um momento em que se discutem os valores desta Lei - o que vale a pena e o que não vale. A minha exposição é, de certa forma, uma reflexão sobre isso", afirma o artista.

Kobra teve alguns trabalhos do projeto Muro das Memórias exibidos no programa Fantástico da TV Globo em setembro de 2007. Em agosto deste ano pintou um painel na abertura do 35º.  Salão Internacional de Humor de Piracicaba, onde reproduziu imagens de charges e caricaturas premiadas em salões anteriores.

Saiba mais sobre o artista: www.eduardokobra.zip.net

Saiba mais sobre a exposição e a Galeria Michelangelo: www.emporiomichelangelo.com.br

Serviço:

Exposição "Lei da Cidade que Pinta" do artista plástico Eduardo Kobra

Inauguração: dia 9 de outubro, quinta-feira, a partir das 19h.
De 9 de outubro a 10 de novembro, de segundas as sextas-feiras, das 9h às 19h, aos sábados das 9h às 22h
Onde: Galeria Michelangelo, no Empório Artístico Michelangelo (desde 1915)
Rua Fradique Coutinho, 798 – Vila Madalena – São Paulo – Tels. 3815 0993 / 3813 2577.
Entrada Franca
 Desenho Universal em moradias e Acessibilidade digital na "Semana Nacional de Luta das Pessoas com Deficiência"

    A Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, em parceria com órgãos estaduais e federais, promove na próxima quinta-feira, dia 25 de setembro, a partir das 15h, dois grandes eventos na sede da Secretaria, em São Paulo.Não falte!!

    A Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência em parceria
    com a Secretaria de Estado da Habitação/CDHU (Companhia de Desenvolvimento
    Habitacional e Urbano do Estado de São Paulo) realiza no dia 25 de
    setembro, quinta-feira, a partir das 15h, uma série de atividades para
    celebrar a Semana Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência.

    Haverá assinatura do Decreto que Implanta o Desenho Universal nas Moradias
    de Interesse Social e o Lançamento do Portal da Secretaria, considerado
    referência em acessibilidade.

    O Decreto do Desenho Universal nas Moradias que será assinado no dia 25
    tem o objetivo de criar habitações (casas ou apartamentos) acessíveis para
    todas as pessoas, independentemente de suas características pessoais,
    idade ou habilidades. A meta é que qualquer moradia seja passível de
    futuras adaptações para as pessoas com deficiência como, por exemplo,
    ampliação de um cômodo, quebra de uma parede, colocação de barras de
    apoio, áreas de rotação com medidas adequadas, entre outras.
    Atualmente, existe uma lei exigindo que 7% das unidades habitacionais da
    CDHU devem contar com o conceito do Desenho Universal. Com o Decreto,
    todas as habitações deverão ser construídas com desenho universal, ou
    seja, para uso de todas as pessoas, indistintamente.

    Para formalizar as ações do Estado estarão presentes a secretária de
    Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Dra. Linamara Rizzo
    Battistella, e o secretário de Estado da Habitação e presidente da CDHU,
    Lair Alberto Soares Krähenbühl, além de representantes do Conselho
    Estadual para Assuntos da Pessoa com Deficiência de São Paulo (CEAPcD).

    Programação:


    15h - Recepção

    15:30h - Abertura Solene com presença de Autoridades.
    Lançamento do Portal da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com
    Deficiência e
    Cerimônia de Assinatura do Decreto que Implanta o Desenho Universal nas
    Moradias de Interesse Social

    17h - Interação com o Portal e Coffee breack
    Serviço: Desenho Universal em moradias e Acessibilidade Digital em "Semana
    Nacional de Luta das Pessoas com Deficiência"

    Local: Av. Auro Soares de Moura Andrade, 564   Portão 10  Barra Funda 
    SP/ Sede da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência -
    ao lado do Memorial da América Latina
    Data: 25 de setembro de 2008
    Horário: a partir das 15h
    Informações: (11) 3663.3566 ramal 202

    _______________________________________________________________________________________

    Lançamento do Observatório de Direitos e Mesa Redonda na "Semana de Luta das Pessoas com Deficiência"

    A Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência  e a
    Associação Nacional de Membros do Ministério Público de Defesa dos
    Direitos dos Idosos e Pessoas com Deficiência (AMPID) realizam no dia 25
    de setembro, quinta-feira, às 18h, uma série de atividades para celebrar a
    Semana Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência.

    Haverá Cerimônia de Assinatura da Parceria para Criação do Observatório
    dos Direitos da Pessoa com Deficiência e Mesa Redonda com os organizadores
    (doutores Cida Gugel, Waldir Macieira e Lauro Ribeiro) do livro
    "Deficiência no Brasil, uma abordagem integral dos direitos das pessoas
    com deficiência", além do lançamento da publicação "Pessoas com
    Deficiência e o Direito ao Trabalho", de autoria da Dra. Cida Gugel.

    Para formalizar a iniciativa estarão presentes a secretária de Estado dos
    Direitos da Pessoa com Deficiência, Dra. Linamara Rizzo Battistella, e a
    presidente da AMPID - Associação Nacional de Membros do Ministério Público
    em Defesa dos Direitos dos Idosos e Pessoas com Deficiência, Dra. Cida
    Gugel. Também participam os apoiadores da ação: representantes do
    Ministério Público Estadual, do Conselho Estadual para Assuntos da Pessoa
    com Deficiência de São Paulo (CEAPcD), CEPAM e da OAB/SP.

    Programação:

    17:30h - Recepção e Welcome Coffee

    18h - Cerimônia de Assinatura da Parceria para Criação do Observatório de
    Direitos da Pessoa com Deficiência

    19h - Mesa Redonda e Lançamento dos livros "Deficiência no Brasil, uma
    abordagem integral dos direitos das pessoas com deficiência" e "Pessoas
    com Deficiência e o Direito ao Trabalho"

    20h - Autógrafos e coquetel de encerramento.

    Serviço: Lançamento do Observatório de Direitos e Mesa Redonda na "Semana
    de Luta das Pessoas com Deficiência"
    Local: Av. Auro Soares de Moura Andrade, 564   Portão 10   Barra Funda 
    SP/ Sede da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência -
    ao lado do Memorial da América Latina
    Data: 25 de setembro de 2008
    Horário: 17:30h
    Informações: (11) 3663.3566 ramal 202

 

MotherShip Especial Dia Municipal da Música Eletrônica

Dia 27.09.08
.DOORS OPEN 00h00 > 05h00
.Max Underson
.Daniel Um
.Mau Mau

.Preços:
.H & M - R$50 entrada

.Lista:
.até 01h: M/H R$20,00 entrada | .após 01h: M/H R$30,00 entrada
Amigos enviar e-mail (s) com nome (s) completo (s) até sábado as
20hrs para listas@d-edge.com.br

.informações:
direção: renato ratier
conceito: visual muti randolph
assessoria de imprensa: monique oliveira
organização: traumstoff
light jockey: johnson
hostess: luma assis
indoor: marcelo otaviano
divulgação: paula nadini

alameda olga, 170 - barra funda
sao paulo - sp - brasil
(ao lado do memorial da america latina)
infos e reservas de camarotes
0xx11 3666-9022 / 3667-8334

DIA MUNICIPAL DA MÚSICA ELETRÔNICA
LEI nº 14.082, de 31/10/2005
Institui, no Municipio de São Paulo, o Dia Municipal Eletrônica,e dá outras providências.
Art. 1º - Fica instituído, no âmbito do Municipio de São Paulo, o Dia Municipal da Música Eletrônica, a ser comemorado, anualmente, no último domingo de setembro.
"O Dia Municipal da Música Eletrônica reforça os aspectos culturais, sociais e de participação da juventude expostos neste documento e confere à cidade mais um símbolo de modernidade e vanguarda."
Soninha
www.soninha.com.br


Fábrica de Criatividade e Balé da Cidade de São Paulo apresentam: Projeto Educar Dançando e Projeto Circulação


AINDA: Projeto cidadão com direção de Marcos Caruso

Propõe a discussão sobre comportamento, causas e conseqüências do uso de drogas.

De 09/09 à 11/11 - Teatro Bibi Ferreira

Veja aqui o convite!


O Projeto Guerreiros Urbanos e a Cia. Caracol de Teatro Popular convidam para a estréia do espetáculo:

Aluga-se Para Igreja
Texto e direção de Asdrúbal Serrano

Comédia Popular - Uma releitura do cenário institucional, político, cultural e social do Brasil contemporâneo. No elenco jovens que participam do Projeto Guerreiros Urbanos em Guaianases.
 
Data: 30/08 (sábado) às 9h
 
Local: EE João Kopke - Al. Cleveland, 331 - Campos Eliseos - (no entorno da Estação da Luz, região central)
 
 
2) Palestra com Elenir Rodrigues e Asdrúbal Serrano
 
Data: 09/09 (terça-feira) às 8h30
 
Local: Universidade Mackenzie (Faculdade de Comunicação e Letras, Higienópolis)
 
Mais informações:
www.asdrubalserrano.blogspot.com