Mandato da Vereadora Soninha Francine

Conheça a Soninha Francine

23 de outubro de 2020

Fiz Magistério no segundo grau e Cinema na Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (USP). Entre 1990 e 2000 trabalhei na MTV – fui produtora, coordenadora de produção, redatora, diretora de programas e apresentadora. Ajudei a desenvolver, entre outros, o programa semanal de debates o “Barraco MTV”, que reunia em torno de uma mesa cerca de 20 pessoas de perfis bem diferentes.

A Soninha também narrou uma edição do Rockgol, campeonato de futebol entre artistas organizado pela MTV

Em julho de 2000 aceitei convite da TV Cultura para criar um programa para jovens – o “RG”, que falava de política, cidadania, meio ambiente, arte, cultura, educação, etc. Em 2001 ele saiu do ar.

De 2000 a 2004, também forneci conteúdo para a área jovem da America Online. O trabalho em mídia jovem me rendeu o título de “Jornalista Amiga da Criança”, concedido pela Fundação Abrinq (#orgulho1).

De 99 a 2010 fiz parte da equipe de apresentadores e comentaristas da ESPN Brasil e escrevi por dez anos uma coluna semanal no caderno de Esportes da Folha de São Paulo. Durante dois anos fui comentarista de futebol do sistema Globo/CBN de rádio. Em 2005 e 2007, fui escolhida, por votação na internet, a “melhor comentarista esportiva” no Prêmio Comunique-se (#orgulho2). Editei um blog na Folha Online e, em 2007, fiz parte do programa “Saia Justa”, da GNT.

Assinei uma coluna na revista “Vida Simples”. A convite da editora Jaboticaba, escrevi o livro “Por Que Sou Budista”. Em 2005, junto com Raí e Milly Lacombe, lancei o livro “Para Ser Jogador De Futebol”, pela mesma editora. A editora Papirus lançou “Tipo Assim, Adolescente”, relato de um diálogo entre mim e o psiquiatra Jairo Bouer.

Soninha durante o lançamento de um de seus livros: “Meu Pequeno Palmeirense”

Início na política

Em 2004 me elegi vereadora em São Paulo pelo PT. Em 2007, totalmente desgostosa da orientação geral do partido, saí. Fui candidata à prefeitura pelo PPS em 2008, tive quase 297 mil votos e fiquei em quinto lugar – os quatro primeiros, muito mais conhecidos, tinham mais tempo e dinheiro (Kassab, Marta, Alckmin e Maluf). Fui Subprefeita – hoje seria Prefeita Regional – da Lapa em 2009 – um sofrimento, mas adorei a experiência. Exerci o cargo de Superintendente da Sutaco (Superintendência do Trabalho Artesanal nas Comunidades, do governo de São Paulo) de 2011 a 2012, quando saí para novamente concorrer à prefeitura de São Paulo. Em 2015, fui Coordenadora de Políticas para a Diversidade Sexual do Governo do Estado de São Paulo. De janeiro a abril de 2017 estive à frente da Secretaria Municipal de Assistência Social e, em seguida, assumi meu segundo mandato como vereadora.

Soninha durante Sessão Plenária na Câmara Municipal | Foto: Paulo Adalberto

Já me disseram que tenho pautas demais no mandato de vereadora. Mas faço isso a vida toda! São muitos os temas que me interessam e com os quais me envolvo: populações vulneráveis (população de rua, mulheres, crianças e adolescente, idosos, LGBT, pessoas com deficiência, indígenas, migrantes e animais); energia, alimentação e resíduos; cultura, esporte e lazer; saúde mental e política de drogas; moradia, mobilidade e uso do solo; finanças públicas. Todos absolutamente interdependentes, que abordamos com segundo os princípios de transparência, clareza e envolvimento.

Compreendo nosso papel no parlamento para além do “básico” da Produção Legislativa e Fiscalização; nos empenhamos em Investigação e Articulação, sou vice-presidente da Comissão de Finanças e Orçamento e presidente da Comissão dos Direitos da Criança e Adolescente. Integro também as Comissões Meio Ambiente; Direitos Humanos; Turismo e Gastronomia. Fui relatora das CPIs do Migrante, e da Vulnerabilidade da Mulher e do Comitê Extraordinário de Chuvas e Enchentes.

Campanha à reeleição 2020

Amo o que faço e quero exercer mais um mandato na Câmara Municipal de São Paulo. E eu preciso da sua ajuda. 🙂

Várias maneiras para apoiar a Soninha:

CompartilharShare on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Last modified: 23 de outubro de 2020

Comments are closed.

X