Mandato da Vereadora Soninha Francine

BlogHome

Votei no Bruno Covas porque sei – por Soninha Francine

29 de novembro de 2020

Eis que a maioria dos eleitores que escolheu um entre dois candidatos preferiu que Bruno Covas continue prefeito. Parabéns!
Vai haver todo tipo de comemorações e de lamentos; cada um interpreta as votações de um jeito. Uma coisa eu sei: eleitores votam a favor de um e de outro, contra um ou outro, por MUITAS razões diferentes. Alguns não votam no Boulos porque acham que ele vai expropriar imóveis. Outros votam no Boulos porque acham que ele vai expropriar imóveis. Os dois estão errados 😅.
Votei no Bruno porque sei que ele não é nazista, fascista, bolsonarista, racista, machista. Porque esse TAMBÉM é um critério pra mim.
Votei porque ele defende pautas de Direitos Humanos, direitos LGBTQI+, igualdade racial, mulheres, primeira infância, pessoas com deficiência. Porque não promove perseguições de natureza partidária – nem a vereadores, nem a servidores. Tá cheio de petista em cargo de confiança nas secretarias rs. O Fernando Chucre recebeu o Boulos quando era Secretário de Habitação. O adjunto de SMH indicado pelo PR era um comunista histórico, hiper competente, democrático, gente boa (RIP Dudu Debrassi!).
Votei no Bruno porque essa mesma Secretaria de Habitação conduziu, junto com o Conselho de Habitação (outro povoado de PT, PSOL etc – natural! São os mais organizados!), um Programa incrivelmente realista, honesto, justo, arrojado. Porque reagiu com firmeza, serenidade e rapidez à pandemia, mesmo quando precisou ser impopular (em ano eleitoral…). Porque em meio ao estresse da quarentena, o Secretário da Saúde compareceu inúmeras vezes à Câmara e respondeu horas e horas de perguntas de vereadores, com honestidade e clareza. O Secretário da Cultura também passou horas com a Subcomissão de Cultura, e só uma vez ele se irritou com a agressividade de alguns participantes rs. Né fácil não viu.
Votei no Bruno assim como algumas pessoas arrojadas, corajosas, que admiro muito e que me inspiram, entre elas o Eduardo Jorge e a Marta Suplicy – com quem já tive minhas diferenças, mas nunca deixei de reconhecer como realizadora histórica na minha cidade.
Votei no Bruno porque ele enfrentou um período de obstáculos e contratempos terríveis, sem fazer drama. Porque ele não faz demagogia, essa forma horrível de desonestidade. Porque sanciona projetos polêmicos, como o fim dos canudos plásticos e a possibilidade de punição para estabelecimentos onde houver atos de discriminação contra LGBTQI+. Porque criou uma política de combate ao racismo institucional. Porque sancionou a lei da Política Municipal da População de Rua. Porque assim que a quarentena começou, a Amlurb liberou pagamentos compensatórios para os trabalhadores das cooperativas de reciclagem conveniadas, que foram obrigados a interromper suas atividades. Porque montou a ação SP Cidade Solidária que distribuiu centenas de milhares de cestas básicas, de novo sem olhar cor partidária.
Votei no Bruno na confiança de que ele vai fazer muito mais coisas do tipo que eu gosto rs, como já vem fazendo. Mais reciclagem, mais compostagem, mais sustentabilidade nos prédios públicos, mais locação social, mais repúblicas para a população em situação de rua, mais acessibilidade, mais Casas de Passagem para vítimas de violência. mais renovação da frota de ônibus, mais calçadas decentes, mais jardins de chuva, mais faixas de pedestre, mais “Descomplica SP”.
E tem um tanto mais que eu vou pleitear junto ao prefeito, como sempre faço em tudo quanto é governo ehehe. Quero mais FabLabs (boa herança do governo Haddad), mais autonomia e recursos para as Subprefeituras, mais agilidade na execução de emendas (aff, um deus-nos-acuda desde sempre), mais “Córrego Limpo” e mais Parques Lineares.
Parabéns, prefeito. No começo da campanha eu não curti o “Força, Foco e Fé” (#incorrigivelmentesincera 🤪), mas acho que era algo bem pessoal seu, né? Não um slogan de marqueteiro, mas um lema seu. Então siga com força e serenidade, por mais quatro anos em que São Paulo continue melhorando.
E depois quem sabe é a minha vez? ehehehehehehe ❤ #voltaporcima #vidadeverdade
CompartilharShare on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Last modified: 2 de dezembro de 2020

Comments are closed.

X